As ETAR’s compactas, também denominadas como Míni Etar’s, são um órgão de tratamento secundário de águas residuais domésticas, onde através de uma combinação de um processo de arejamento prolongado, seguido de uma decantação secundária, consegue atingir os valores de descarga em meio hídrico de acordo com o D.L. 236/98.
Uma ETAR do tipo contínuo, é constituída por um reator biológico equipado com um sistema de arejamento, responsável pelo fornecimento de oxigénio aos micro-organismo e também por promover uma homogeneização do licor misto. Este reator é seguido por um decantador que vai ser responsável pela sedimentação das lamas biológicas. Este decantador encontra-se equipado com uma eletrobomba de reciclo de lamas, que vai ser responsável por manter a carga de micro-organismos, no reator, constante.
Todos os equipamentos eletromecânicos são controlados por um único Quadro Elétrico de Controlo.
Fabricadas em polietileno de alta densidade torna-as resistente a longo prazo, e às agressões químicas.
Possuem paredes interiores com superfície lisa, facilitando a limpeza e impedindo a agregação e acumulação de detritos. O peso reduzido dos equipamentos facilita o transporte e manuseamento.
Pedido de Informações




Subscreva à nossa newsletter.

nbsWater | 2017-2020 © All Rights Reserved

made by Verae